Há décadas, a tecnologia vem evoluindo desenfreadamente, em guerras ela ajudou muito, com câmeras de espionagem ou mesmo com outros artifícios que permitissem uma segurança maior. Um fato é que, com essa constante evolução, atualmente essas câmeras podem ser muito bem escondidas em livros, canetas, óculos ou até mesmo os seus objetos de uso diário.

 

Infelizmente nem sempre a tecnologia é usada para o bem, por exemplo, Alfred Nobel inventou a dinamite, em 1866 para mineração e construção. Atualmente ela é usada como arma em conflitos militares. Invenções podem sempre ser distorcidas do seu real objetivo. Há objetos especialmente criados para deixar sua segurança pessoal em risco. Confira aqui 4 itens que podem deixar você em perigo!

 

Parafuso câmera


Há algum tempo, começou a circular a notícia de que em diversos banheiros públicos estavam sendo encontradas câmeras de espionagem, muito provavelmente para coletar imagens e gravações de pessoas (especialmente de mulheres). As autoridades emitiram avisos pedindo para todos os usuários de banheiros públicos avisarem seus próximos e se atentarem quanto a tentativas de extorsão, que haviam instalado câmeras em formato de parafuso em alguns banheiros públicos.

 

Cabide gravador


Este é um dos casos que causou mais espanto nos últimos meses. Como alguém iria desconfiar de um dos objetos mais discretos e “inocentes” de banheiro? Pois é. Esses simples penduradores continham câmeras que conseguiam focalizar, dentro dela havia um cartão de memória e até entrada USB para recarregar.  A ideia inicial do produto criado era ajudar na proteção antirroubo em residências, mas algumas mentes perversas utilizaram o produto para fins errados.

 

Celular escondido embaixo da pia


De uns tempos para cá, estabelecimentos públicos como lanchonetes ou cafés têm atraído mais a atenção do público, parte de seu sucesso se deve ao ambiente leve e discreto, onde alguns usuários acabam passando uma boa parte de seu dia, às vezes usando a internet do local e outras até em reuniões. Infelizmente, em uma famosa rede de café, um caso de gravação dentro do banheiro foi denunciado, um cliente havia encontrado um celular escondido debaixo da pia, em modo de gravação e embrulhado em papel higiênico para tentar camuflar com a porcelana. Assim que a polícia local de Lancaster, nos Estados Unidos chegou, começou a investigar o caso detalhadamente. Embora seja um caso menos sutil, ele pode ser bem eficaz para o agressor, que consegue permanecer no local enquanto o algoz visualiza ou salva as gravações com um laptop.

 

Escovas de dentes

O que mais assusta sobre esses casos é que a forma de uso ou venda das câmeras não pode ser controlada por meios legais. Pela internet existem diversos tutoriais sobre como usar utensílios de espionagem, como escovas de dentes ou qualquer item do banheiro, sem que ninguém suspeite.

 

Da mesma forma que o produto pode ser usado de uma boa forma – para monitorar uma babá que está cuidando de uma criança ou a entrada de estranhos na casa, por exemplo – ele também pode ser usado como ferramenta de espionagem.

 [ News.com.au ] [ Foto: Reprodução /  PixaBay ]