Como castigo, a população local fez com que os dois ficassem ajoelhados segurando os marrecos em suas bocas, durante determinado tempo, para se arrependerem e não continuarem cometendo crimes.

 

Alguns moradores encontraram os garotos no momento do ato e optaram por não chamar a polícia. Os mais velhos tiveram a ideia de penalizá-los por contra própria.

 

Primeiro, eles foram obrigados a pedir desculpas públicas. Os jovens de apenas 14 anos acataram a ordem e se ajoelharam. Eles tiveram os marrecos pendurados em seus pescoços e, além disso, tiveram que segurá-los com a boca.

ladroes-punidos-por-roubar-04

Os aldeões disseram que os dois são conhecidos na região por serem preguiçosos, gastando tempo apenas com bebidas e cigarros. Alegaram ainda que os adolescentes furtam constantemente para sustentar o vício.

 

Fotos da punição, que foi classificada por alguns veículos de comunicação como “medieval”, foram parar na Internet e ganharam as páginas da maior rede social chinesa, a Weibo.

ladroes-punidos-por-roubar-03

Milhares de internautas concordaram com a punição, mas a opinião ficou dividida, pois muitos julgaram que punir é trabalho da polícia e eles não deveriam ter agido desta forma.

 

A polícia chinesa emitiu nota informando ao público que quem for pego cometendo crimes deve ser enviado para as autoridades e que ninguém tem o poder legal de punir suspeitos fisicamente.

ladroes-punidos-por-roubar-02

Os envolvidos na punição poderiam ser responsabilizados e acusados formalmente.

ladroes-punidos-por-roubar-01

[ Shanghaiist] [ Foto: Divulgação / Weibo ]