O sul coreano Dongwook Lee é um artista completo. Escultor, fotógrafo, músico e cineasta, sua obra costuma falar sobre assuntos inerentes à condição humana, com verdade e ousadia.

Esta série de esculturas feita por por ele é hiper realista e por isso mesmo, perturbadora. Figuras humanas em miniaturas são colocadas em situações absurdas (ou nem tanto) na obra do artista de 45 anos.

Um misto de cotidiano sombrio e horror poético, é exatamente este tipo de arte que o mundo está precisando, para que possamos refletir sobre nosso papel aqui e, consequentemente, nossa responsabilidade frente à tantas tragédias.

Realidade e fantasia estão presentes e caminham lado a lado em seu trabalho, que mostra desde um frágil guerreiro usando sua própria carne como armadura, até uma criança nua diante de uma matança. Estranha e necessária, sua obra fala muito sobre o mundo em que vivemos hoje. Infelizmente.

Fonte: Hypeness Fotos: Reprodução / Dongwook Lee