A afirmação polêmica foi dada pela atriz Lady Francisco na coluna do blog do jornalista Paulo Sampaio no portal Uol. Apesar das afirmações polêmicas, ela preferiu não revelar o nome do diretor global, que teria cometido o abuso há mais de 50 anos.

 

Hoje, com 82 anos, ela salientou ao jornalista que quando chegou ao Rio, era uma jovem “bobinha e ingênua”. A atriz comentou que foi chamada em um lugar distante e atacada pelo diretor. Ainda afirmou que o abusador está vivo, mas prefere não dizer quem é.


No meu tempo a gente era estuprada e tinha que ficar quieta. Tenho muito orgulho de ver o quanto a mulher evoluiu na defesa da própria dignidade”, comentou. Não disse nada na época, não vou dizer agora”. Ainda segundo a atriz, ela tinha medo de ser desacreditada, por isso se manteve em total silêncio sobre o assunto.

 

Em tom de vingança, ela disse que todos saberão quem é o diretor caso ele morra antes dela: “Eu vou estar vestida à caráter, bem ao lado do caixão. Quero ter certeza que o desgraçado está morto”.

[ Foto: Reprodução / TV Globo ]