De acordo com um estudo do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos publicado na revista BMC Nutrition, tomar bebidas açucaradas, como suco ou refrigerante, durante uma refeição rica em proteínas diminui a eficiência metabólica, o que pode levar o seu corpo a armazenar mais gordura.

 

O impacto metabólico

Nós já sabíamos que bebidas açucaradas não são boas para nossos dentes, cinturas, ou saúde de muitos de nossos órgãos. O novo estudo, no entanto, parece mostrar que as bebidas açucaradas mudam a forma como nosso corpo quebra alimentos também. A conclusão foi de que tomar suco ou refrigerante junto com uma refeição diminui a oxidação da gordura em aproximadamente 8%.

 

Se a refeição em questão contiver 15% de proteína, a bebida açucarada reduz a oxidação da gordura em uma média de 7,2 gramas. Se contiver 30% de proteína, a oxidação da gordura diminui em 12,6 gramas, em média.

 

O estudo

Para descobrir isso, os pesquisadores reuniram 27 adultos saudáveis, com idade média de 23 anos, e os analisaram por dois períodos de 24 horas. Durante essas 24 horas, um calorímetro mediu seus movimentos, oxigênio, dióxido de carbono, temperatura e pressão para determinar gasto de energia e metabolismo.

Em uma das visitas ao laboratório, os participantes receberam duas refeições contendo 15% de proteína para o café da manhã e o almoço, depois duas refeições contendo 30% de proteína na outra visita.

 

Ficamos surpresos com o impacto que as bebidas adoçadas tiveram no metabolismo quando foram emparelhadas com refeições ricas em proteína”, disse o principal autor do estudo, Dr. Shanon Casperson, do Centro de Pesquisa em Nutrição Humana do Departamento de Agricultura americano. “Esta combinação também aumentou o desejo dos indivíduos de comer alimentos salgados durante quatro horas depois de comer”.

 

Balanço energético ruim

 

Entre os achados da pesquisa, a equipe notou que cerca de um terço das calorias adicionais fornecidas pelas bebidas açucarada não foram gastas, o metabolismo da gordura foi reduzido e menos energia foi usada para metabolizar as refeições. Esta diminuição da eficiência metabólica pode “estimular” o corpo a armazenar mais gordura.

“Nossas descobertas sugerem que tomar uma bebida açucarada com uma refeição afeta os dois lados da equação do balanço energético”, acrescentou o Dr. Casperson. “No lado da admissão, a energia adicional da bebida não faz com que as pessoas se sintam mais saciadas. No lado da dispensa, as calorias adicionais não são gastas e a oxidação da gordura é reduzida”.

 

Ou seja, o melhor é apostar na água como acompanhamento para as refeições.

IFLS / Science Daily via HypeScience ] [ Foto: Reprodução / Pixabay ]