Recentemente, um estudo mostrou que os cachorros podem analisar a confiabilidade de uma pessoa. Eles, como verdadeiros detetives, podem mostrar para nós se devemos ou não confiar em outra pessoa, através de gestos muitas vezes imperceptíveis.

Esse estudo fora conduzido por Akiko Takaoka, da Universidade de Kyoto, no Japão.

O cientista e seus colegas queriam saber se um cachorro confiaria em alguém que mentisse para ele. Os pesquisadores dividiram o experimento em três partes. Eles queriam saber se o cão podia entender se a pessoa era digna de confiança ou não. 

Durante o experimento, os donos dos animais apontavam primeiramente para um recipiente com comida. A reação dos bichinhos era quase que instantânea, por que os cachorros corriam rapidamente para ele.

Em um segundo momento, era apontado para os cães (por uma pessoa desconhecida) um recipiente sem comida.

Nas primeiras duas vezes os animais foram até o recipiente vazio, mas na terceira vez, os cães não acreditaram nos mentirosos e só foram para os potes de comida vazios quando seus donos apontavam para ele.

Participaram do estudo 34 cães de várias raças e todos eles mostraram os mesmos resultados, de acordo com o Animal Cognition Journal.

Os cães usaram a experiência anterior para saber se uma pessoa não era confiável. Takaoka planeja continuar o experimento com lobos, já que eles são os parentes mais próximos dos cães. O experimento atual também prova que os cães adoram descobrir novas curiosidades que os envolva.

Mais pesquisas afirmam que os cães também controlam como outras pessoas interagem com seus donos. Em outro experimento, os donos dos animais deveriam pedir ajuda para outras pessoas, isso quando estavam perto dos seus cães. 

Quando a pessoa foi mal-educada com seus donos, os cachorros não aceitavam que elas interagissem com ele. Os bichinhos preferiam ser acariciados e alimentados pelas pessoas que foram boas com seus donos.

Está comprovado que os cães são capazes de ler nossos gestos e expressões faciais. Agora sabemos mais sobre eles e eles são muito mais inteligentes do que imaginávamos! Eles podem decifrar nossos gestos e também podem decidir se querem seguir pistas sociais, além de tentar nos defender de pessoas que eles consideram ruins. 

Via: Bright Side / Fique Sabendo Imagens: Reprodução / Neon Nettle / YouTube