O título deste artigo não é apenas um chamariz para enganá-lo, uma manchete enfeitada para falar do que não passa de uma mistura extravagante de algum chocolate pré-existente.

Amantes de doces podem ficar realmente felizes porque, depois de 80 anos, esta é a primeira vez que cientistas criam uma nova variedade de chocolate desde que o chocolate branco foi introduzido ao mundo.

Chocolate Ruby

Como você pode dizer pelas fotografias deste artigo, o novo chocolate é cor de rosa. Isso não se deve a nenhum corante. O chamado “chocolate Ruby” é fabricado a partir do grão de cacau Ruby, que contém tais pigmentos rosados. De acordo com Barry Callebaut, a empresa com sede em Zurique, na Suíça, que passou 13 anos desenvolvendo o doce, seu gosto é bastante frutado e um pouco azedo.

 

Em um comunicado de imprensa, o chocolate foi descrito como “um prazer sensorial intenso”, bem como “uma tensão entre frutas frescas e uma suavidade adocicada”. O quarto chocolate foi revelado ao mundo em um evento de lançamento exclusivo em Xangai, na China, no início deste mês, e ainda não está disponível ao público. No entanto, já está sendo distribuído em grandes lotes para vendedores de chocolate e confeitarias em todo o mundo, de forma que não deve demorar para podermos experimentar essa belezura.

Composição misteriosa

Por enquanto, a composição desse chocolate continua um mistério. Sabemos que o chocolate amargo é rico em cacau, com pouca quantidade de leite. O chocolate branco é o contrário, enquanto o chocolate ao leite é o meio termo entre eles. Onde exatamente o chocolate Ruby cai nesse espectro? Além do grão de cacau Ruby, que outros ingredientes foram usados? O chocolate é esteticamente agradável, mas teremos que esperar um pouco mais para julgar seu paladar.

IFLS via HypeScience ] [ Fotos: Reprodução / IFLS ]