Ser perseguido já deve ser ruim, agora imagina ser perseguido por um exame de mais de 20 mil abelhas! É isso mesmo, uma avó foi perseguida por mais de 24 horas enquanto dirigia seu carro por uma reserva cultural no Reino Unido. Carol Howarth, de 65 anos, ficou maravilhada (e também assustada) ao ver o fenômeno. Quando saiu do carro, ela se deparou com milhares de abelhas cobrindo toda a parte traseira de seu veículo.

 

Para tentar dissipar o enxame foi necessário um guarda do parque nacional, uma equipe de três apicultores e pessoas solidárias que passavam pelo local para tentar conter as abelhas em caixas, assim tirando-as de perto do carro. O incidente aconteceu logo após Carol estacionar seu veículo no centro de Haverfordwest, em em West Wales, onde foi comprar seu almoço. Quando voltou, se deparou com os insetos. A quantidade chamava tanta atenção que muitas pessoas paravam para tirar fotos.

Os guardas do parque nacional foram acionados ao local e ao perceberem o tumulto ficaram preocupados que alguém tentasse jogar pesticida nas abelhas e assim o tumulto seria generalizado. Assim, acionaram uma equipe para coletar as abelhas. Depois das abelhas terem sido coletadas, Carol acreditou que seus problemas teriam sido resolvidos, e assim voltou para sua casa.

Fiéis a sua rainha!

E na segunda de manhã quando Carol saiu para entrar no carro, ficou assustada com o que viu! Ela descobriu que o enxame havia seguido ela até sua casa, ela não, mas sim a sua rainha! Carol na hora ligou para os apicultores e a guarda florestal novamente, que finalmente removeram o enxame de uma vez por todas.  

 

Eles descobriram que a Rainha ficou presa dentro do carro, e toda a colmeia de 20 mil abelhas seguiu sua soberana. Felizmente, Carol levou “apenas” 20 picadas de todo o enxame e passa bem, melhor ainda passa a colmeia que voltou para a floresta com sua rainha sã e salva.

[ The Telegraph ] [ Foto: Reprodução / The Telegraph ]