Para um homem que basicamente elevou o mundo da tecnologia para outro patamar, Steve Jobs não parecia muito promissor em 1973, aos 18 anos de idade.

 

Na época, ele havia desistido da faculdade e se divertia com projetos de tecnologia com o amigo Steve Wozniak. A Apple ainda estava a alguns anos de tornar-se realidade, então ele precisava de uma fonte de renda para manter-se. Por isso, ele preencheu este currículo para um emprego que o atual dono do documento não sabe informar qual era, e agora o formulário está prestes a ser leiloado pela casa de leilões RR Auction.

 

Pela forma que o formulário foi preenchido, é possível que Jobs não estivesse tão interessado assim na vaga. Alguns campos estão vazios, como posição desejada e empregos anteriores, e alguns campos contêm respostas estranhas.

Confira abaixo as informações:

Posição desejada:

Data de nascimento: 24 de fevereiro de 1955

Nome: Steven Jobs

Endereço: Reed College

Telefone: nenhum

Curso: Literatura inglesa

Ano:

Empregos anteriores:

Carteira de motorista: sim

Acesso a transporte? Possivelmente, mas improvável

Habilidades: computador: sim – calculadora: sim  (design, tecnologia)

Habilidades especiais: eletrônicos, tecnologia ou design de engenharia. Digital. Hewlett-Pachard.

As informações não são lá muito articuladas ou detalhadas, e não sabemos se ele conquistou esta vaga ou não. De qualquer maneira, no ano seguinte Jobs viajaria para a Índia e depois voltaria para os EUA para projetar placas de circuito para o Atari. Depois veio o Apple I, Apple II, o Mac e depois os outros Macs, iPhone e iPad.

 

Isso mostra que formulários e currículos não são necessariamente a melhor maneira de julgar as habilidades de uma pessoa.

[ Science Alert via HypeScience ] [ Fotos: Reprodução / Science Alert ]