O ex-prefeito de Matlock, Derbyshire, no Reino Unido, Geoff Stevens, de 74 anos, descobriu que passou dois anos com uma doença causada por uma formiga, o que poderia ter causado sua morte. 

 

No ano de 2014, Stevens estava ajudando a montar uma feira de Natal em Matlock, quando pisou em um formigueiro por acidente. Automaticamente, as formigas se espalharam, subindo em suas pernas. Uma picada em seu pé acabou deixando o membro inchado, e ele teve que tomar um antibiótico. O ex-prefeito ficou internado no Hospital Real de Chesterfield por três dias, onde recebeu toda a medicação. 

Alguns dias depois, o inchaço desapareceu, e o homem ficou bem. Porém, em maio do ano seguinte, seu pé voltou a ficar inchado, atingindo o dobro do tamanho normal, sendo impossível até colocar um sapato. Além disso, ele sofreu com febre de 42°C. Com tamanho desconforto, Stevens voltou ao hospital, onde os médicos realizaram uma série de exames, que apresentaram resultados correspondentes à mordida da formiga.

Segundo os exames, foi detectada uma quantidade grande de veneno presente em sua corrente sanguínea, que teria ficado adormecida em sua pele anteriormente.

Após uma investigação mais profunda, feita pelo Hospital de Manchester, o ex-prefeito ficou sabendo que o veneno poderia ter sido fatal. Recuperado, Geoff Stevens se sente feliz por ter descoberto sobre o veneno antes que o pior ocorresse. 

 [ DailyMail ] [ Fotos: Reprodução / DailyMail / PixaBay ]