Um homem que ficou famoso em 2010 por sua fotografia de delegacia acaba de se meter em confusão com a polícia mais uma vez.

 

Carlos Rodriguez, de 31 anos, é conhecido por ter perdido metade de seu crânio e cérebro em um acidente de carro há alguns anos, quando ele dirigia sob efeito de drogas.

Em 2010, ele foi preso por solicitar o serviço de uma prostituta. Desta vez, a polícia foi chamada na cidade de Miami quando ele colocou fogo em um colchão de sua casa com duas pessoas lá dentro. Ele enfrenta acusações de tentativa de assassinato e incêndio culposo. Um juiz do condado de Miami-Dale determinou uma fiança de US$30 mil e que ele seja encaminhado para um hospital para passar por avaliação psiquiátrica.

 

Conhecido como Halfy (metadinha), Rodriguez gravou um vídeo logo após sua ascensão à fama em 2010 para desencorajar jovens a acabar na mesma situação que ele. “Eu estava muito drogado. Eu estava dirigindo e bati em um poste e saí voando pela janela da frente e caí de cabeça. Por isso não é uma boa ideia beber e dirigir ou se drogar e dirigir. Não é bom, crianças. Não é bom”, disse ele.

 

Vídeo que deixou o Halfy famoso:

CNN via HypeScience ] [ Foto: Reprodução / HypeScience ]