O hondurenho Francisco Román Herrera Argueta, de 55 anos, planejou fugir da prisão se misturando com os amigos e familiares dos detentos no dia da visita, segundo o jornal local “The Heraldo”.

 

Argueta conseguiu passar por diversas alas do presídio, mas os policiais desconfiaram do seu modo de falar e andar. Além disso, os superiores perceberam o nervosismo do suposto visitante.

Quando um guarda o abordou, ele se identificou como Jacinta Elvira Araujo, mas não alterou a voz. Preso desde 3 de setembro de 2015 por assassinato e porte ilegal de arma, ele também responderá por tentativa de fuga.

 

Segundo o jornal britânico Metro, Argueta lidera uma gangue e é conhecido como Don Chico. Agora ele será transferido para a prisão de El Pozo, em Santa Barbara – vista como a mais perigosa de Honduras.

[  R7 ] [ Foto: Reprodução / R7 ]