Frequentemente, por questão de menos de uma década, um novo arranha-céu é construído e quebra o recorde mundial de altura.

“Edifício mais alto já construído” é um título procurado por muitas construtoras, mas o detentor do recorde de “edifício mais alto jamais concebido” merece reconhecimento e respeito.

O X-Seed 4000 foi idealizado em meados dos anos 1990 como uma hiperconstrução de 800 andares no centro de Tóquio.

Com 4 mil metros de altura, a estrutura teria superado todos os recordes anteriores. Para colocar seu tamanho em perspectiva, o mais alto arranha-céu do mundo, em Dubai, possui meros 828 metros, e o pico do Monte Fuji tem 3775 metros.

X-Seed-4000

Vários obstáculos impediram a construção do X-Seed, que nunca saiu do papel. Por um lado, a base montanhosa do edifício ocuparia vários blocos imobiliários de Tóquio, acarretando um custo excessivo.

Outro obstáculo foi a infraestrutura necessária para suportar 1 milhão de pessoas. Acredita-se que apenas a construção do prédio custaria entre 6 bilhões e 1,2 trilhões de dólares (entre 21 bilhões e 4,2 trilhões de reais). Os valores são discrepantes porque vários problemas poderiam surgir durante a construção.

De acordo com Georges Binder, especialista em edifícios da empresa Buildings & Data, o projeto não tinha muitos objetivos de sair do papel. “O objetivo do plano era ganhar algum reconhecimento para a empresa, e funcionou”, afirmou ele.

Tasei Construction Corp, a empresa por trás da proposta, ainda não detêm o recorde de edifício mais alto, mas o X-Seed 4000 prova que ser ousado o suficiente para sonhar grande é, por vezes, tudo o que é preciso para fazer história.

Via: Mental Floss Imagens: Reprodução / Newburst