Muitas pessoas se perguntam por que existem casos de anomalias na Índia, e a Ciência tem uma resposta para isso. As anomalias congênitas representam uma grande parte da causa de mortalidade infantil, mesmo em países em desenvolvimento, cerca de 70% dessas anomalias poderiam ser evitadas com serviços genéticos de baixo custo.

 

A população indiana vive em constante risco de anomalias congênitas por diversas razões, dentre elas o seu costume da universalidade do casamento, o grande número de gravidezes não planejadas, resultando em um alto número de fertilidade. Além disso sua cultura aceita o casamento consanguíneo.

 

Muitos dos fatores que levam a Índia a ter um grande número de crianças nascidas anualmente com anomalias congênitas é pelo fato de ser um país superpopuloso – o segundo país mais populoso do mundo – mas com PIB em torno de US$ 2,07 trilhões (A China, país mais populoso do mundo tem um PIB em torno de US$ 10,87 trilhões) caso que leva a mais possibilidade de acontecerem esses casos, já que o país não concentra tanto sua atenção em estratégias de saúde pública para diminuir essas estatísticas.

[ Ncbi ] [ Foto: Reprodução / Wikipedia ]