Essa história aconteceu com Tom Cotter, um comerciante que morava em Nova York.

 

Certo dia ele decidiu abandonar a cidade movimentada e se mudar com a esposa para um local mais calmo, com a intenção de aproveitar a vida. O destino era Portugal, um local que o encantava desde a adolescência. Já em terras portuguesas, ele comprou uma propriedade que tinha um armazém fechado com portas de aço soldadas. O lugar estava fechado há cerca de 15 anos,pois antigos proprietários faleceram e não tinham herdeiros. Após um longo período, o estado resolveu leiloar o imóvel. 

 

O leilão não teve bons resultados já que o novo proprietário teria que assumir os quinze anos de imposto atrasado. Como o local estava abandonado, e o galpão ficou completamente trancado, ninguém tentou abri-lo. Porém, Tom Cotter decidiu comprar as terras e o galpão – por menos na metade do preço estabelecido.


Assim que tomou posse, Cotter contratou uma equipe para abrir o local. Veja só o que ele encontrou:




 

Tom Cotterem entrevista à revista Sports Car Market disse: “Ninguém simplesmente vende uma antiga fazenda e deixa de mencionar aos novos proprietários o esconderijo de carros antigos no celeiro”. O proprietário dos carros era um negociante de carro nas décadas de 1970 e 1980 e decidiu manter os carros mais interessantes que entraram por suas portas”, completou.

 

O valor dos antigos carros – que incluem modelos de Aston Martin, Mercedes e Lotus – está estimado em cerca de 35 milhões de dólares (cerca de 108 milhões de reais).

[ Mirror ] [ Fotos: Reprodução / Mirror ]