No Texas, um caso considerado extremamente raro chocou a comunidade.

Um agricultor, que não teve o nome divulgado, foi picado por uma cabeça de cobra. A imprensa local afirma que o fato ocorreu após o homem cortar a cabeça do animal.

Ao que tudo indica, após fazer os cortes, ele pegou os restos do réptil para jogar no lixo e foi justamente neste momento que a cabeça, ainda com movimentos musculares, picou gravemente sua mão.

À rede de KIII-TV, Jennifer Sutcliffe, esposa do paciente, comentou que ele teve fortíssimas convulsões e foi levado para o hospital às pressas. Ao total, mais de 26 doses de soro antiofídico foram aplicados.

Nos EUA, uma única dose de soro pode custar mais de 10 mil dólares, o que pode ter gerado uma dívida superior a 260 mil dólares (sem contar todos os recursos médicos envolvidos, já que ele ainda está internado com a função renal comprometida).

Como comparativo, um tratamento completo de braço quebrado que inclui cuidados básicos como medicamentos, gesso e consultas médicas, pode ultrapassar o valor de 10 mil dólares nos EUA.

O país é alvo de severas críticas por ter um sistema de saúde que pode destruir a vida de uma pessoa completamente com dívidas impagáveis após simples tratamentos médicos que o próprio país deveria oferecer – segundo a análise de especialistas em gestão pública hospitalar.

Certamente, gastar o equivalente a quase R$ 1 milhão somente em soro antiofídico não é nada agradável!

Via: Daily Mail / KIITV Imagens: Reprodução / Daily Mail